Continua após a publicidade

Se você está buscando uma sobremesa que traz consigo o sabor autêntico da culinária brasileira, o Doce de Corte Caipira é a escolha perfeita. Conhecido por sua textura macia, aroma irresistível e sabor marcante, este doce encanta paladares há gerações. Vamos mergulhar no processo de preparo desta iguaria e resgatar suas origens tradicionais.

Continua após a publicidade

Receita Autêntica

Ingredientes:

  • 2 xícaras de açúcar
  • 1 xícara de água
  • 1 kg de abóbora madura descascada e cortada em cubos pequenos
  • Cravo-da-índia a gosto
  • Canela em pau a gosto

Modo de Preparo:

  1. Em uma panela grande, misture o açúcar, a água, os cravos-da-índia e a canela em pau. Leve ao fogo médio e deixe ferver por alguns minutos, até obter uma calda rala.
  2. Adicione os cubos de abóbora à calda e cozinhe em fogo baixo, mexendo ocasionalmente, até que a abóbora fique macia e a calda engrosse, cerca de 30-40 minutos.
  3. Quando a abóbora estiver cozida e a calda estiver no ponto desejado, desligue o fogo e deixe o doce esfriar um pouco.
  4. Com cuidado, transfira o doce para uma forma untada com manteiga ou forrada com papel manteiga, espalhando uniformemente.
  5. Deixe o doce esfriar completamente e depois leve à geladeira por algumas horas, até que esteja firme o suficiente para cortar.
  6. Uma vez firme, corte o doce em pedaços no formato desejado e sirva.

Saboreie a Tradição

O Doce de Corte Caipira é mais do que uma sobremesa; é um pedaço da nossa história culinária, que resgata memórias afetivas e celebra a riqueza dos ingredientes locais. Ao preparar esta receita em casa, você não apenas desfruta de um doce delicioso, mas também se conecta com as tradições e raízes da nossa cultura gastronômica. Divida essa gostosura com seus entes queridos e reviva momentos especiais ao redor da mesa.

Veja nossas categorias de Receitas doces e Receitas salgadas.

Continua após a publicidade

Se você gostou da nossa receita, peço que curta e siga nossa página do Facebook clicando aqui.

Continua após a publicidade

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *